Archive for the 'fim de semana' Category

Fim de semana no shopping

Fui no fim de semana passado a um shopping da zona norte no Rio. Não posso dizer o nome, mas é aquele shopping que vira e mexe é metralhado de madrugada. Pois bem, lá fui com minha esposa, meu filho, meus irmãos, minha cunhada e meu sobrinho.

Almoçamos num botequim por lá. Não posso dizer o nome tampouco. Quer dizer, não posso é maneira de dizer, não quero. Não recebo pra isso. Se recebesse falaria em bom som: “Fui almoçar no Botequim Informal, nossa, que delícia o filé à milanesa”. Mas se falasse isso de graça, porque haveria de ser pago um dia?

Dessa maneira, almocei num botequim qualquer, comi um file à milanesa normal. Bebi dois chopes regulares.

Ao fim do banquete, claro, café na mão (de uma determinada rede de lojas de café), meu sobrinho pediu para ir ao fliperama (eu sei, ninguém mais usa essa palavra) e nós é claro, atendemos.

O nível de estresse que já estava baixo, beirou -40° (tanto faz F ou C) enquanto disputava uma partida de Barcelona x Brasil, com direito a dois Ronaldinhos em campo.

Mas tudo que é bom, acaba. Resolvemos dar uma voltinha, quer dizer, uma volta (voltinha é o que a mulher faz pra gente analisar se aquela roupa deixou a bunda empinada) no shopping.

Pra resumir, a tarde de domingo num shopping do Rio, em três cenas.

O desastre começa durante a semana mesmo:

– Vai fazer o que Domingo?
– Ah, tava pensando em comprar uma casquinha no Mac e dar uma sentada no shopping…
– Ih, tem que chegar cedo lá então.

O terror não se limita aos jovens:

– Ih, deixa eu pegar o ônibus correndo, porque fulaninho já tá com a fralda toda cagada e eu vou lá no shopping trocar ele no fraldário.
– Aproveita e trás hipoglós num lencinho que o daqui já tá acabando.

Pra desestressar, minha mulher resolve fazer compras:

– Oi, gostei daquele jogo verde ali, quanto tá?
– Deixa eu confirmar… Trinta e nove e noventa.
– Beleza, vou levar.
– Só um instante… Humm, não tenho mais dele não.
– Bom, eu levo o que tá exposto mesmo. Faz um desconto.
– Ah, mas eu não posso vender… Regra da loja, não posso deixar de expor.
– Ué, a regra é não deixar de expor o produto que não tem pra vender??

Ufa, ainda bem que falta pouco pra segunda-feira agora.


Humor, crítica, crônica, comédia e sátira sobre o Rio de Janeiro, o Brasil e o Mundo | Defendendo o humor inteligente do Capitalismo e do Aquecimento Global, antes que se torne brinde de pasta de dentes

Este site é um espelho*. Acesse o site principal do Mamendes Express em:

http://www.mamendex.com

* Para que serve um site espelho? Para testar novos formatos, atingir maior audiência e, claro, disputar meu pouco tempo disponível.

Receba o Mamendex

Se você quer ser avisado sempre que um novo texto for publicado, você pode assinar a Newsletter do Mamendes Express. Basta optar por um dos sabores abaixo:

Mamendex no Google Groups
Mamendex

Grupo no Google

my del.icio.us

Blog Stats

  • 4,295 hits

cc -Some rights