Archive for the 'brasil' Category

Capitão Brasil

E tantos anos depois de Macunaíma e João Grilo, o Brasil tem um novo herói nacional. Capitão Nascimento mostra aquilo que o mundo já sabe: não se faz uma omelete sem quebrar ovos. Não se faz um bolo sem quebrar ovos. Aliás, antes de mais nada é sempre bom quebrar uns ovos.

Se para combater a recessão nos EUA surgiu o Super-homem, pra chutar o traseiro do Hitler e saudar os Marines surgiu o Pato Donalds, e pra dar voz aos liberais e cutucar os Republicanos surgiram Os Simpsons, nosso Capitão surge pra finalmente homenagear os policiais cariocas, que diariamente colocam o peito na linha de tiro pra defender a segurança de nosso estado, além é claro de liberar a gente daquela multa mediante a cervejinha.

Contradições à parte, há muito tal Corporação merecia algo mais que um tapinha nas costas. Quando um traficante morre ou é preso ele fica famoso, vira até mártir pros funkeiros, pra OAB e pros Direitos dos Humanos. Quando um policial morre ele é nota de pé de página. E pra galera do status-quo, não fez mais que seu dever de garantir a segurança para que os advogados e juízes possam viver suas vidas tranquilos – e longe de tiroteio.

Nessa terra de muitos contrastes e pouco brilho, tem marginal querendo ser preso só pra realizar o sonho de andar de avião sem enfrentar fila de guichê. E tem classe média consumindo drogas pra aliviar a pressão: “Ah, nada a ver, as drogas sempre existiram”. Ué, e quando a violência foi inventada??

É uma coisa que eu sempre digo: enquanto for difícil diferenciar castigo de recompensa, vai ser difícil escolher entre boas e más ações.

Anúncios

Vergonha Nacional: Vamos dançar, Quadrilha!

O Brasil encena sua expressão de indignação enquanto descarrega toda sua frustração fazendo comentários bem batidos. “isso é uma vergonha (em maiúsculas, seguida de 231 exclamações, o que me recuso a escrever)”. Ou “tudo isso é culpa do PT e do Lula (idem)”. Se bem que nesse caso, nem dá pra discordar.

A absolvição de Renan foi muito articulada (eu não disse “muito bem”, disse “muito”) pelo governo, especialmente o Merdadante, que joga no ventilador o último resquício de chance de ser eleito presidente, governador ou mesmo síndico do prédio. Muitos estranharam que ele, depois de tanta luta para convencer os colegas a absolver o Canalheiros, afirme ter votado em branco (o que, diga-se de passagem, é racismo).

Ora, quê há de se estranhar nisso? Quem nunca colocou pilha fraca pra cima dos outros e depois se escondeu pra ver a mercadante que dava?

Surpresa também 40 senadores “confessarem” que votaram pela cassação, enquanto apenas 35 votos foram realmente computados. Devem se confessar na mesma igreja que o Renan agradece as graças recebidas. Ou será que foi algum problema com a urna eletrônica? Bug no sistema de contagem de votos? Ná, de que importa? Ninguém ficou chateado. Nem ninguém questionou se a votação secreta ainda faz algum sentido.

Mas porque afinal a O.P. (opinião pública) resolveu pegar no pé do Renan? Só porque, digamos, a Souza Cruz sustenta uma das suas famílias bastardas não quer dizer que você não possa por exemplo, votar a favor de uma lei que proíba o fumo. Tampouco quer dizer que você não possa ir à missa aos Domingos e ser um bom Católico.

Ora, Renan é gente como a gente. É mais um relator-de-conselho-de-ética-dos-outros-mas-que-segue-a-sua-própria-ética-duvidosa, como todo o brasileiro faz. Reclama da vergonha do imposto e sonega, reclama da vergonha da violência e consome drogas, reclama da vergonha do caos urbano e avança sinal, suja as ruas, estaciona em qualquer lugar.

Falando em imposto, além do pé do Renan, a OP resolveu pegar no pé da CPMF. Qualquer trabalhador paga por mês mais IPI e ICMS do que paga de CPMF por ano. Se bebe e fuma, pior ainda! É só pegar sua conta de luz, gás, telefone, verificar a carga tributária das suas compras no supermercado, nas suas bebidas e cigarros, e você vai ficar surpreso. Sem falar em IR de 27,5% !

Mas a CPMF é o imposto que mais incomoda, justamente por seus maiores benefícios: é transparente, direta, você sabe quando, quanto e porque está pagando. E o pior: afeta a todos sem exceção, o pobre e o rico. Querem acabar com o imposto mais moderno, ao invés de acabarem com os mais caducos, caros, burocratas, injustos.

Por que afinal a campanha contra CPMF é tão bem veiculada em jornais e revistas, com direito até a horário no Fantáartico? Com o absurdo da taxa adicional de IR (que também qualquer dia vira “provisória”, já que é “adicional” há milênios) ninguém se preocupa em acabar, já que é patrioticamente sonegado pela elite do país.

Mas esqueça os problemas e vamos falar de coisas boas: qual será nossa cara de surpresa quando Cacciola chegar ao Brasil já de habeas-corpus na mão? (Como assim, só porque fugiu da última vez não pode sair em liberdade provisória novamente?)

PS: O quê? Você é contra impostos? Manda e-mail pro Garotinho, ele é contra os juros… Quem sabe vocês não criam uma comunidade no Orkut.

Mais Opinião Pública

Qual será nossa próxima grande Vergonha Nacional:

( ) Uma colisão entre o Trem Bala Rio-SP com um avião da Webjet
( ) Tapetão com direito a CPI no Campeonato Brasileiro e Clube dos 13
( ) Uma CPI sobre as últimas CPIs
( ) Cacciola senador e líder do conselho de ética
( ) Rubinho dando passagem ao campeão da temporada de F1

Tá, essa última é pegadinha…


Humor, crítica, crônica, comédia e sátira sobre o Rio de Janeiro, o Brasil e o Mundo | Defendendo o humor inteligente do Capitalismo e do Aquecimento Global, antes que se torne brinde de pasta de dentes

Este site é um espelho*. Acesse o site principal do Mamendes Express em:

http://www.mamendex.com

* Para que serve um site espelho? Para testar novos formatos, atingir maior audiência e, claro, disputar meu pouco tempo disponível.

Receba o Mamendex

Se você quer ser avisado sempre que um novo texto for publicado, você pode assinar a Newsletter do Mamendes Express. Basta optar por um dos sabores abaixo:

Mamendex no Google Groups
Mamendex

Grupo no Google

my del.icio.us

Blog Stats

  • 4,387 hits

cc -Some rights