Arquivo para outubro \03\UTC 2006

Retrospectiva 2006

Confirmando o pioneirismo desta coluna, e aproveitando que é pouco provável que um novo número seja publicado até o fim do ano, estamos publicando hoje o especial Retrospectiva 2006.
Dois mil e seis. Ano de Aquário. Ano do Cachorro. Ano Internacional da Desertificação. Como ficará conhecido esse ano no rol da História dos Anos da Humanidade? Quem se destacou, quem desapareceu? Quem ganhou, quem perdeu? Enfim, chega de lenga-lenga e vamos para os fatos:

Janeiro – A NASA lança uma sonda a Plutão, planeta que mais tarde seria alvo dos paparazzi de plutão. Digo, plantão. Erro Morales, digo Erva Morales, assume o governo boliviano. O Rio de Janeiro fica debaixo de um dos maiores temporais que se tem registro. Aliás, também não há registros desse, foram todos levados pela enxurrada. No Oriente-Médio, Olmert é novo primeiro-ministro de Israel, após derrame de Sharon. Vários muçulmanos protestam.

Fevereiro – Stones no Brasil. Quer dizer, no Rio. Milhões de pessoas na praia assistem ao show pelos telões instalados para a galera não-vip-vip-vip. No Oriente-Médio, vários muçulmanos protestam. U2 no Brasil. Quer dizer, em São Paulo. Milhões de pessoas na fila tentam comprar os poucos ingressos disponibilizados aos não-vip-vip-vip. Nadam, nadam e morrem na praia.
A Apple vende a bilionésima música pelo iTunes. No Oriente-Médio, vários protestam.

Março – Slobodan Milosevic morre misteriosamente de ataque cardíaco em sua cela, possívelmente devido ao enorme esforço de amarrar suas mãos nas costas. O ETA anuncia o fim da luta armada e o início da luta política, deixando a população espanhola ainda mais aterrorisada. A Rádio Cidade do Rio acaba e no seu lugar entra mais um produto medíocre campeão de reclamações da francesa Telemer. Após anos de dedicação e esforço, o Brasil finalmente vai pro espaço! O acontecimento, inocente à primeira vista, vai acarretar sérias transformações no sistema solar… No Oriente-Médio, vários protestam.

Abril – O presidente do Irã confirma ter um punhado de Urânio enriquecido em suas mãos e bolsos. A Itália se livra de Berlusconi. Antonio Garotinho começa greve de fome, que não iria durar muito… No Oriente-Médio, vários protestam.

Maio – Em pleno dia mundial do trabalho, o presidente boliviano Erva Morales se dá ao trabalho de nacionalizar o gás boliviano e tomar as instalações petro-gasíferas do país. O Brasil protesta, a Argentina comemora e aproveita a situação pra zoar da cara do Brasil. Mais tarde no ano, o presidente boliviano iria entregar parte das reservas evo-moralenses à estatal hugo-chaviana. Nas paradas, Marcollah e o Primeiro Comando agitam São Paulo. Na guerra entre gangues, trocentos mortos na gangue do PCC, outrocentos na gangue da PM, e muitocentos na gangue do PF – Povo Fudido. No Oriente-Médio, vários protestam.

Junho – A Copa do Mundo da Alemanha começa e tudo o mais pára. Comerciais de material esportivo tomam o noticiário. O time da casa supera as expectativas e chega a final, perdendo porém para o futebol tosco-italiano. Brasil e Argentina dão finalmente as mãos e saem como o mico da copa. O Escândalo do Meião, como ficou conhecida a falha do sistema defensivo brasileiro, custou o emprego do técnico Parrêra e as medalhas dos figurões da seleção verde-amarelona. Zidane é o nome da Copa e se aposenta sem o título mas como o resposável pelo melhor lance da competição: a linda cabeçada no cabeça-de-bagre italiano Matarazzo. Em Brasília, um dia de fúria: um grupo do MSLT (Movimento do Software Livre na Terra) invade a Câmara e faz o que todo brasileiro quer fazer há muito tempo! (Ah, uma dessas por ano… e quem sabe os políticos não entram nos eixos?) No Oriente-Médio, vários protestam.

Julho – Adolescentes morrem em acidente de carro e o presidente do Detran cria a lei que proíbe a capotagem de carros. Começam as eleições no México, que não iriam terminar tão cedo… Dunga e os Seis Anões assumem a seleção Canastrinha. Em Cuba, Fidel entra de licença médica. Israel invade o Líbano após ser atingida por mísseis lançados pelo grupo terrorista e banda de axé-music Rezbolla. Vários muçulmanos protestam.

Agosto – Mais uma nova denúncia de mais um novo escândalo surge novamente outra vez, envolvendo governo, oposição, deputados, senadores, assessores, gabinetes, candidatos, direita, esquerda, centro, centro-esquerda e zaga-central. Eu não entendi bem os detalhes, mas no ano que vem ninguém vai lembrar mesmo… Plutão é rebaixado a planeta-anão. Anões e astrólogos protestam.

Setembro – O Papa Benedito XVI lê, durante um discurso, texto medieval atribuído a Bizantino, que diz que “os seguidores de Maomé são intolerantes e violentos”. Em resposta, vários muçulmanos vão às ruas, protestar, queimar bandeiras e assassinar freiras somali de 65 anos. A Al-Qaeda diz que o mundo cristão irá tombar e que a jihad vai continuar até que todos sejam mortos ou convertidos ao islã, e exigem que o Papa “cruzado adorador da cruz” peça desculpas. O Papa pede desculpas. Os muçulmanos então, protestam, queimam bandeiras e exigem mais desculpas. Um mini-golpe-relâmpago ocorre na Tailândia e o reflexo atinge as bolsas ao redor do mundo. O vôo Gol 1907 cai nas proximidades da base militar da Serra do Cachimbo após colidir em pleno ar com jato Legacy americano, que aterrissa quase intacto. O FBI designa Fox Mulder para o caso.

Outubro – As eleições correm como sempre, alguns presidentes de seção são presos por atraso ou embriaguez como sempre, reportagens sobre a entrega de urnas eletrônicas para as comunidades ribeirinhas do Amazonas vão ao ar como sempre e a apuração ocorre em novo recorde, como sempre. Políticos corruptos de sempre são eleitos. Como sempre. Geraldo Chuchú desiste da candidatura, anuncia greve de fome e aceita apoio de Antonio Garotinho. Alguns muçulmanos protestam contra a publicação da retrospectiva 2006 em pleno Outubro.

Novembro – Como a retrospectiva já foi ao ar, a partir daqui é tudo previsão desta coluna. O povo interrompe o churrasco e volta às urnas para decidir quem afinal vai comandar as falcatruas nos próximos 4 anos, renováveis por mais 4. No Oriente-Médio, vários protestam.

Dezembro – O Natal bate recorde de vendas, bem como o número de cheques sem fundos. A economia parece que vai reaquecer agora que o presidente foi escolhido. A previsão do crescimento do PIB para 2007 é de 3,1415%. Matemáticos apresentam a equação do fenômeno: πB, que aliás, tende a zero. No Oriente-Médio, vários protestam.

O que esperar de 2007:
– Mais atentados no Iraque,
– Mais atentados no Afeganistão,
– Mais terremotos na Oceania,
– Mais um presidente sem maioria no Congresso,
– Mais denúncias e escândalos no Brasil,
– Mais uma gravidez de Britney Spears,
– Algumas colunas novas no Mamendex…
– E no Oriente-Médio, mais protestos.

Queremos aproveitar o momento para sermos os primeiros a desejar a todos:

Um feliz Natal e próspero 2007 !


Humor, crítica, crônica, comédia e sátira sobre o Rio de Janeiro, o Brasil e o Mundo | Defendendo o humor inteligente do Capitalismo e do Aquecimento Global, antes que se torne brinde de pasta de dentes

Este site é um espelho*. Acesse o site principal do Mamendes Express em:

http://www.mamendex.com

* Para que serve um site espelho? Para testar novos formatos, atingir maior audiência e, claro, disputar meu pouco tempo disponível.

Receba o Mamendex

Se você quer ser avisado sempre que um novo texto for publicado, você pode assinar a Newsletter do Mamendes Express. Basta optar por um dos sabores abaixo:

Mamendex no Google Groups
Mamendex

Grupo no Google

my del.icio.us

Blog Stats

  • 4,295 hits

cc -Some rights